Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Primeiro a dona, depois o cão!

 

 

Por aqui, em termos de saúde, a coisa não tem andado muito famosa. Depois de ser atacada por aquela super gripe que me deixou de molho, agora apareceram-me os espirros em catadupa.

Estou para aqui a fazer figas para que seja apenas a minha velha amiga alergia´que, por acaso, tem andado tão calminha. É que se assim for, aniquilo-a já com um comprimido antihistamínico e com uma borrifadela no nariz de spray nasal...!

 

Lembram-se da minha cirurgia? Pois é, parece que não é só à dona que aparecem coisas destas, mas ao cão também!

Para quem não sabe, os cães têm uma bolsinha junto ao ânus - a glândula peri-anal - que, nalguns casos, inflama à passagem das fezes. A glândula incha, inflama e depois tem de ser "esvaziada" pelo veterinário que a "aperta".

 

Levámos o Pimentinha ao vet a uma consulta de urgência pois o bichinho estava mesmo doentito e nem comia. O vet observou-o e disse logo que teria de limpar/esvaziar a glândula pois estava muito inflamada. Meu pobre bichinho! Nunca tinha visto o Pimentinha ganir tanto! Ele que até é um bichinho muito paciente e que se porta 5 estrelas no vet, ficou cheio de medo que lhe tocassem ali. E eu revi-me ali, naquela situação. Voltei ao dia em que fui de urgência para o hospital, com a minha infecção da fístula já a alastrar pelo corpo, e fui lancetada. A sangue frio. Segundo o cirurgião, tinha-me dado anestesia para vivos e para mortos e que não me podia dar mais. Senti tudo, doeu que se fartou e ainda vim com uma buraco imenso aberto. 

 

E o meu Pimentinhapassou por uma situação parecida à minha. Doeu-me tanto ver o meu bichinho passar por aquilo, mas teve de ser. Ainda levou duas injecções (uma de antibiótico e outra de analgésico) e veio com uma pomadinha para por no rabiosque.

É uma situação muito chata pois a glândula vai soltando a porcaria que lá tem dentro e onde quer que o Pimentinha encoste o rabo, se aquilo tiver algum bocadinho, suja tudo. Lá ando eu de esfregona debaixo do braço ou de toalhete na mão. Se lhe pudesse vestir uma cuequinha... {#emotions_dlg.tongue}